#BeCreative: a tecnologia que aproxima duas paixões


Histórias de Sucesso
#BeCreative: a tecnologia que aproxima duas paixões

“Pense em algo que você ama… E em algum problema relacionado a isso que ainda não está resolvido. Daí pense se a tecnologia pode resolver.” Foi assim que tudo começou para Fhabio Matesick, curitibano, surfista desde os 12 anos de idade, jornalista de formação, e atualmente sócio-fundador da Moment Surf.
 
Ele esteve no SXSW 2018, junto com as demais 76 empresas que compuseram a delegação brasileira nessa edição do maior evento de economia criativa e interatividade do mundo, realizado em Austin (EUA) no início do mês, para apresentar seu produto e expandir a sua rede de contatos. Conversamos com ele para descobrir um pouco mais sobre a história da Moment e também sobre como o Festival o ajudou na validação do seu produto.
 
Assim como em muitos casos de empreendedorismo, a motivação para fundar o seu negócio veio de uma dor própria. Como surfista, ele viajou a mundo em busca das melhores ondas e experiências, mas sempre se deparava com uma grande dificuldade: voltar pra casa com um registro, uma única foto dos momentos especiais que vivia por onde passava. E foi em 2013, quando estava nas Maldivas, em seu último dia, última queda, que ele pensou: “Eu não acredito que vou embora desse lugar, que eu não faço ideia se terei a chance de voltar um dia, sem nenhum registro dessa experiência única que vivi aqui”.
 
Inconformado, Fhabio se empenhou para criar um final diferente. Ele remou até um barco que por ali estava e pediu, ou melhor, implorou para que um homem tirasse uma foto dele. Ele pediu essa gentileza e disse que seria impossível ele não o ver nas ondas, pois sua prancha era laranja e branca.  E assim, com um final feliz, ele voltou pra casa com a memória registrada das Maldivas. Foram 17 fotos no total. Ele pagou 170 dólares pelo pacote. E segundo ele, pagou feliz dizendo que se esse rapaz o tivesse fotografado desde o primeiro dia, ele teria feito pelo menos mais uns 500 dólares.
 
Assim veio a ideia de que ele precisava para começar a considerar a possibilidade de um novo negócio. Algo que conectaria fotógrafos com surfistas e atuaria como gerador de renda e entregador de memórias de experiências inesquecíveis. De um lado, o fotógrafo que publicaria as fotos. Do outro, os surfistas que os seguiriam e comprariam suas fotos.
 
E foi em 2016 que esse projeto saiu do papel e começou a se transformar em realidade. Depois de muita pesquisa, de muito estudo, e de muito trabalho, Fhabio, que já é empresário consolidado no ramo de marketing digital e com vasta experiência como empreendedor, decidiu voltar para o chão da fábrica e montar o time da Moment. Como ele mesmo diz, nem tudo são flores, empreender exige muita paciência, persistência e trabalho duro. Pode ser muito frustante algumas vezes, mas quando você tem um propósito, a conta fecha.

Hoje, ele conta que está muito feliz de ver o seu produto ser validado pela audiência do SXSW como uma ideia boa e com valor percebido. Fhabio diz “Estamos no coração da inovação mundial e se a ideia chamou a atenção aqui é porque ela é realmente interessante. O evento gerou um resultado muito positivo para o Moment Surf, principalmente pela oportunidade de termos conseguido atingir mercados estratégicos para nós e que teríamos muita dificuldade de acesso pela falta de dinheiro/investimento, como a Califórnia (Estados Unidos) e Austrália, onde importantes contatos já foram feitos”. 

Fhabio reforçou bastante a importância de todo o suporte que teve da Apex-Brasil e de como isso foi crucial para o sucesso de sua partipação. Ele mencionou aspectos como a ativação da marca Brasil no evento, a assistência de toda a equipe no Trade Show, os esforços de promover eventos de relacionamento e todas as oportunidades criadas de conexão para ajudar a expor o seu modelo de negócio em um evento com essa dimensão. E encerrou dizendo: “É muito animador ver que existem órgãos públicos no Brasil trabalhando para que o país cresça”.

 
Um grande sonho? Fhabio quer ver o Moment Surf nos principais países com grande presença do surfe e gostaria de criar um projeto social envolvendo grandes marcas para abastecer comunidades mais carentes com bons equipamentos fotográficos, para que possam ensinar muitas pessoas a fazerem dinheiro com a plataforma e terem a satisfação de entregar fotos com grande valor percebido pelos surfistas.
 
“Eu acho que estamos fazendo uma coisa que pode mudar de verdade a vida das pessoas, e a vida de toda uma comunidade. E isso é que nos move”, conclui Fhabio Matesick.

Saiba mais:

Moment Surf

Casos de sucesso de empreendedorismo brasileiro no exterior 

 

 


Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *